Como pagar a faculdade com pouco dinheiro? Confira neste post! - Blog Unipar

Como pagar a faculdade com pouco dinheiro? Confira neste post!

6 minutos para ler

Apesar de ser um investimento certeiro, fazer uma faculdade é algo que demanda planejamento financeiro para não comprometer o orçamento familiar. Se você está nesse dilema e não sabe como pagar a faculdade com pouco dinheiro, saiba que existe uma série de alternativas para não abandonar seu sonho de estudar nas melhores faculdades.

O financiamento estudantil do governo e as bolsas oferecidas pelas próprias instituições de ensino são algumas das possibilidades que podem ser viáveis no seu caso. Quer entender melhor como funciona? Então continue a leitura deste post, conheça as alternativas de auxílio e planeje a sua carreira!

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)

Hoje em dia, o Fundo de Financiamento Estudantil é a forma mais popular de ingresso em instituições de ensino superior. Trata-se de um financiamento estudantil proposto pelo governo federal que permite aos estudantes entrarem na faculdade e só pagarem pelo curso depois que se estabelecerem profissionalmente.

Um aluno que ingressa pelo FIES não precisa pagar nem mesmo a taxa da matrícula. Assim que ele concluir a graduação, poderá contar com um período de carência de 18 meses para começar a arcar com os custos. O pagamento normalmente é feito em um prazo de 12 anos, considerando-se o valor de amortização dos juros, que gira em torno de R$ 50,00 a cada trimestre.

Programa Universidade para Todos (Prouni)

O Prouni também é um programa do governo federal e oferece bolsas de estudos integrais ou parciais (de até 50% de custeio) para cursos de graduação em instituições de ensino do setor privado. Porém, para conseguir o benefício, é necessário que o aluno tenha atingido uma pontuação elevada no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As vagas são limitadas, por isso, o desempenho do estudante no Enem acaba sendo o fator de maior peso para o acesso à bolsa. Geralmente, cada instituição disponibiliza uma vaga para aluno bolsista por curso e turno. Essas bolsas são de livre concorrência e também existe a possibilidade de reserva por cotas.

Financiamento estudantil dos bancos

Outra alternativa de financiamento estudantil é fazer um empréstimo privado em um banco para arcar com a graduação em uma faculdade particular. O mais comum é que as instituições financeiras permitam ao aluno financiar entre um semestre a um ano do curso, podendo pagar a dívida no dobro desse período.

No entanto, você deve estar se perguntando: e os juros? Afinal, todo financiamento bancário envolve esse tipo de cobrança. As taxas de juro no empréstimo para custear os estudos costumam ser bem menores do que nas modalidades de crédito tradicional. Mas, mesmo assim, elas estão longe de ser tão baixas quanto no FIES.

Powered by Rock Convert

De qualquer modo, trata-se de uma alternativa interessante se considerarmos que, para contratar o empréstimo, não é necessário se enquadrar nos atributos exigidos pelo FIES, como comprovação de situação financeira e ótimo desempenho no Enem. Fazer a solicitação é bem simples, bastando ser correntista do banco em questão. A taxa de juros e o prazo do financiamento vão variar conforme cada instituição financeira.

Auxílios da própria faculdade

Diversas universidades têm programas internos de auxílio para os alunos. Uma dessas possibilidades são os projetos de iniciação científica (IC) que oferecem uma bolsa como ajuda de custo enquanto o estudante trabalha nas atividades de pesquisa da instituição. Nesse caso, cabe ao aluno se certificar dos projetos que estão em desenvolvimento dentro da faculdade e se colocar à disposição dos professores pesquisadores.

Em alguns casos, as vagas para IC envolvem um pequeno processo seletivo coordenado pelos próprios professores do departamento. Outra possibilidade de ganhos dentro da própria faculdade são os estágios remunerados para exercer atividades compatíveis com a área de formação.

Embora os valores não costumam ser muito altos, esse tipo de auxílio já é uma boa fonte de renda para arcar com algumas despesas, como alimentação e transporte na faculdade. Além disso, em ambos os casos — iniciação científica ou estágio — a carga horária é reduzida, portanto, é possível conciliar outras atividades que gerem renda.

Powered by Rock Convert

Programa de bolsas UNIPAR

A Universidade Paranaense (UNIPAR) também tem um programa de bolsas para quem está no dilema de como pagar a faculdade com pouco dinheiro. Veja em seguida quais são as possibilidades.

Bolsa para egresso da UNIPAR (presencial)

  • valor da bolsa: 50% para os cursos presenciais (exceto Medicina) e 30% para o curso de Odontologia;
  • quem tem direito: alunos egressos dos cursos de graduação da UNIPAR.

Bolsa para egresso da UNIPAR (semipresencial e EAD)

  • valor da bolsa: 20% para os cursos presenciais, semipresenciais e EAD;
  • quem tem direito: alunos egressos dos cursos de graduação presenciais e EAD da UNIPAR.

Bolsa para efetivos de órgãos de segurança (presencial)

  • valor da bolsa: 50% para os cursos presenciais (exceto Medicina) e 30% para o curso de Odontologia;
  • quem tem direito: pessoas que fazem parte das seguintes Corporações: Polícia Militar, Civil e Federal, Exército, Marinha, Aeronáutica e Corpo de Bombeiros.

Bolsa para portador de diploma de outras instituições

  • valor da bolsa: 10% para os cursos presenciais (exceto Medicina), semipresenciais e EAD;
  • quem tem direito: egressos de outras instituições em cursos de graduação presencial.

Bolsa familiar

  • valor da bolsa: 10% para os cursos presenciais (exceto Medicina e Odontologia), semipresenciais e EAD;
  • quem tem direito: familiares de alunos da UNIPAR (irmãos, pais, filhos ou cônjuges).

Bolsa para pessoas acima de 55 anos

  • valor da bolsa: 50% para os cursos presenciais (exceto Medicina e Odontologia), semipresenciais e EAD;
  • quem tem direito: pessoas com idade superior a 55 anos.

Viu só? Se você estava se perguntando como pagar faculdade com pouco dinheiro, agora não restam dúvidas de que é possível tirar suas metas do papel, escolhendo uma excelente instituição de ensino para dar o start na sua carreira e conquistar seu diploma.

É claro que, mesmo contando com o auxílio, é importante não deixar seu planejamento financeiro de lado. Afinal, planejar-se bem é imprescindível para alcançar uma trajetória de sucesso, seja em âmbito pessoal ou profissional.

Falando nisso, você já sabe que profissão escolher? Aproveite e veja estas 6 superdicas para acertar em cheio na escolha!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta