Melhores faculdades: por que estudar em uma universidade faz diferença?
melhores faculdades melhores faculdades

Por que estudar em uma Universidade de verdade faz toda diferença?

6 minutos para ler

Quando os jovens chegam ao Ensino Médio, pode reparar: muitos deles se jogam por inteiro na busca pelo curso ideal para seu futuro e pelas melhores faculdades. Eles acabam procurando atributos e benefícios que essas instituições nem sempre conseguem cumprir, já que há algumas diferenças entre faculdade, universidade e centro universitário.

Nesse momento, você possivelmente está se perguntando: como assim existem diferenças? Não é tudo a mesma coisa? Neste post, você vai descobrir um pouco mais sobre o assunto e entender por que estudar em uma universidade é uma experiência completamente única. Continue com a gente e boa leitura!

Universidade, faculdade ou centro universitário: qual é a diferença?

Conhece o Ministério da Educação (MEC), certo? Pois é! Esse órgão é o responsável pelo credenciamento dos diferentes tipos de instituições de ensino, por meio do Decreto nº 5.773/06. Vamos falar um pouco sobre eles!

Antes de mais nada, é preciso lembrar que toda instituição de ensino é uma faculdade — mas nem toda faculdade se enquadra na categoria de universidade. Isso porque as universidades são mais abrangentes: tem vários campi, oferta maior variedade de cursos e têm mais autonomia na criação das ementas.

Enquanto as faculdades precisam da autorização do MEC para abrirem suas portas para um novo curso, essa situação é mais flexível nas universidades. O mesmo acontece nos centros universitários, que são basicamente o meio termo entre as duas modalidades de instituições.

Geralmente, as faculdades são direcionadas a uma área do saber. Assim, se ela é de comunicação e artes, por exemplo, costuma oferecer cursos como Jornalismo, Publicidade, Design, entre outros. Há outros aspectos em que podemos notar essas diferenças. Quer ver só?

Corpo docente

Para muitos estudantes, o quadro de professores de uma instituição de ensino é uma preocupação a mais. Afinal, são eles que apresentam as disciplinas que vão aproximar esses jovens da tão sonhada carreira.

Nas universidades e nos centros universitários, pelo menos um terço dos professores são mestres ou doutores — em outras palavras, eles aliam experiência de mercado com teorias embasadas na prática.

Isso acontece devido aos requisitos do MEC, que pedem também que parte desse corpo docente trabalhe em regime de tempo integral. Enquanto isso, nas faculdades, eles precisam ser no mínimo especialistas. Ou seja, não há tal obrigatoriedade — o que não impede, é claro, que elas ofereçam as mesmas condições.

Pós-graduação

Sabemos que o mercado de trabalho pode ser bastante competitivo. É por isso que parar de estudar mesmo depois do curso superior nem sempre é a melhor opção para aqueles que estão em busca do emprego que você sempre sonhou. Fazer mestrado e doutorado é uma ótima opção, nesses casos.

As universidades devem oferecer ao menos quatro opções de pós-graduação stricto sensu, sendo no mínimo uma delas de doutorado. Elas são criadas seguindo três pilares: ensino, pesquisa e extensão — isso quer dizer que, se você quer se aprofundar nos estudos, já sabe que esse tipo de instituição de ensino oferecerá o maior suporte para seu desenvolvimento.

Por que estudar em uma universidade?

Deu para perceber que a universidade é bem mais completa e tem uma infraestrutura preparada para receber estudantes de diversas áreas. Mas você sabe, de fato, quais são os benefícios de optar por ela? Muita calma nessa hora! É o que vamos descobrir nos próximos tópicos.

Contato com diversas áreas do conhecimento

Quando você escolhe uma carreira, sabe que precisa bem mais do que paixão por ela para mandar bem no mercado de trabalho. É preciso se especializar e conhecer todos os campos ofertados, além de compreender os desafios que vêm pela frente. E a melhor forma de se preparar para essas experiências é tendo contato com elas!

As universidades oferecem projetos de extensão e pesquisa que colocam os estudantes frente a frente com esses desafios. Isso ajuda a criar laços ainda mais duradouros com a área escolhida, abrindo a mente deles para caminhos nunca antes imaginados. Sem falar que esses programas podem dar aquele up no currículo. Já pensou?

Além disso, num espaço em que convivem estudantes de diversas áreas, as chances de conquistar novos conhecimentos são ainda maiores. Quando você menos esperar, estará tomando um café na cantina ou batendo um papo na biblioteca com um aluno de outro curso.

Lições profissionais na prática

Para seguir a trilha do sucesso, a prática é profundamente recomendada quando você está na graduação. Um empurrãozinho na direção certa nunca é demais, concorda?

Os laboratórios são outro diferencial das universidades. Naqueles espaços, quando bem equipados, os estudantes podem fazer aplicações práticas do que aprenderam em sala de aula, tornando o aprendizado mais dinâmico e interativo. Em cursos de Odontologia, Enfermagem e Nutrição, por exemplo, isso faz toda a diferença!

Afinal, os estudantes estão aprendendo com grandes mestres enquanto podem retribuir esses saberes para a comunidade — que, aliás, é uma das preocupações das universidades. A organização busca retribuir os investimentos do Estado, aproximando-se da população por meio de serviços — a exemplo de atendimentos médicos — e compartilhamento de informações.

Com isso, o profissional já chega ao mercado de trabalho com as habilidades certas para colocar a mão na massa e se desenvolver ainda mais. Além de potencializar o que se aprende na graduação, a prática permite que esses estudantes descubram se aquela é mesmo a profissão ideal para seu futuro. Lembre-se de que a teoria é especialista, mas a prática é mestre!

Possibilidades de ingresso no mercado de trabalho

Já pensou em fazer um estágio remunerado durante o período da graduação? Nada mal conseguir pagar os estudos e ter mais contato com a profissão, não é mesmo? Pois saiba que essa pode ser a sua realidade! Muitas universidades fazem parceria com empresas ou com o Centro de Incentivo à União Escola/Empresa, facilitando a entrada dos estudantes no mercado de trabalho.

Como vimos, não há um tipo de instituição de ensino melhor que o outro — porém, existe aquele que é ideal para atender às suas expectativas. O importante é escolher aquela que vai fazer a diferença no seu currículo, oferecendo a melhor base para o seu aprendizado. Não se esqueça de que o seu futuro profissional já começa junto com a graduação, combinado? Por isso, estudar em uma universidade de verdade pode ser o que faltava na sua busca!

Gostou deste post, mas ficou com alguma dúvida? Não vamos deixar você na mão! Mande aqui embaixo suas perguntas e conte para nós se você já sabia dessas diferenças entre as instituições de ensino e dos benefícios de estudar em uma universidade. Esperamos você!

Posts relacionados

Deixe uma resposta