Mercado de estética: por que é uma área em plena ascensão?
mercado de estética área em ascensão mercado de estética área em ascensão

Mercado de estética: por que é uma área em plena ascensão?

6 minutos para ler

Muito provavelmente você já ouviu falar que no mercado de estética nunca tem crise. Afinal, por mais que as pessoas estejam economizando, ninguém abre mão de cuidar de si mesmo. Cabelo, pele, unha… Já é comum separar parte do orçamento mensal para arcar com gastos relacionados ao nosso corpo.

Por isso, esse setor segue em plena ascensão, tanto para quem pretende trabalhar em clínicas ou salões de beleza, quanto para quem deseja ampliar os horizontes e atender outros nichos, como academias e hospitais. Independentemente do setor escolhido, especializar-se na área é garantia de uma trajetória de sucesso.

Se você está interessado em fazer um curso de estética, não deixe de ler este post. Aqui, explicamos tudo sobre uma das carreiras mais promissoras do futuro!

O mercado de estética no Brasil

Na contramão da crise econômica dos últimos tempos, o mercado de estética vem se destacando como um dos setores de maior crescimento no Brasil. Dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) mostram que nos últimos anos esse setor cresceu 567%, envolvendo mais de 480 mil profissionais da área.

Ainda segundo a ABIHPEC, o setor movimentou R$ 47,5 bilhões em 2018. As perspectivas são ainda mais otimistas para os próximos anos, considerando-se que as pessoas estão sempre em busca de serviços relacionados à beleza. Portanto, quem pensa em se especializar nessa área já tem público cativo, pois o segmento não é sazonal. Ou seja, não importa a estação, quando se trata de manter a boa aparência, o mercado de estética segue movimentado o ano inteiro.

Áreas de atuação do profissional de estética

Antes de falar das áreas de atuação em si, vamos delimitar os principais setores do mercado de estética: corporal, facial e capilar. A estética corporal trabalha a definição do corpo do cliente, como o combate à celulite, estrias e flacidez. Os tratamentos são voltados principalmente para a redução de medidas e de gordura localizada.

Já a estética facial é voltada para tratamentos no rosto dos pacientes, com o objetivo de eliminar rugas, marcas de expressão, cravos e espinhas. As famosas limpezas de pele são o principal tratamento dessa área. A estética capilar, por sua vez, abrange os cuidados relacionados aos cabelos, desde tratamentos de beleza até combate a quedas.

A variedade dos serviços permite que o profissional de estética atue não somente nas clínicas especializadas, mas em outros departamentos da área de saúde, como nos hospitais. Além disso, também existe a possibilidade de trabalhar como consultor, prestando informações sobre fabricação e uso de cosméticos e equipamentos.

Clínicas

As clínicas são os estabelecimentos mais numerosos para quem deseja atuar no mercado de estética, oferecendo tratamentos e cuidados corporais como drenagem linfática, depilação, design de sobrancelha, limpeza de pele, entre tantos outros serviços de saúde e beleza.

Salões

Os salões de beleza também estão sempre em alta para a atuação do esteticista. Afinal, nesses ambientes se concentram diversos tratamentos capilares e corporais que demandam profissionais especializados, como controle de queda de cabelo, alongamento de cílios, micropigmentação para sobrancelhas, entre outros.

Powered by Rock Convert

Spas

Nos spas, o tratamento estético inclui não somente os cuidados com o corpo mas também serviços relacionados ao bem-estar e relaxamento da clientela, como banhos de imersão e sessões de massagens terapêuticas.

Academias

A demanda por profissionais de estética em academias tem crescido bastante nos últimos tempos. Esses profissionais podem trabalhar em conjunto com o personal trainer para oferecer ao cliente tratamentos que complementem os exercícios físicos e melhorem os resultados, como drenagens e redução de medidas.

Hospitais

Outro setor muito fértil para a atuação do esteticista é a área de saúde. Muitos hospitais têm em seu quadro profissionais de estética que auxiliam a equipe médica em procedimentos cirúrgicos e também no pós-operatório de pacientes.

A especialização na área de estética

A especialização é de suma importância para quem deseja atuar no mercado de estética. Estamos falando de procedimentos que envolvem cuidados de saúde e até mesmo técnicas médicas, ou seja, não se trata apenas de beleza e autoestima. Portanto, é essencial que os profissionais do ramo sejam devidamente habilitados para conduzirem os processos com segurança.

Além disso, com os avanços tecnológicos, surgiram novos equipamentos e técnicas modernas que não podem ser aplicadas por qualquer um. Então, a primeira coisa para quem pretende trabalhar no ramo é procurar um curso superior ou uma especialização de qualidade. O curso superior de Tecnologia em Estética e Cosmética é uma das opções para quem ainda não tem formação na área.

Essa graduação possibilita ao aluno desenvolver habilidades técnicas de embelezamento, promoção, recuperação e manutenção da saúde da pele e estética humana. O objetivo é formar profissionais que dominem procedimentos corporais, faciais e capilares, além da operação de equipamentos e uso adequado de cosméticos.

Quem já é do ramo e deseja aperfeiçoar o currículo, as pós-graduações são excelentes alternativas para se especializar em um setor específico e expandir as áreas de atuação no mercado. A pós-graduação em Dermoestética, por exemplo, visa aprimorar as técnicas profissionais dermatológicas por meio de conceitos e práticas inovadoras, incluindo estudos de farmacologia e nutrição em estética.

Os cursos estão disponíveis em aulas presenciais e semipresenciais, proporcionando mais flexibilidade para que o aluno possa organizar seu próprio cronograma de estudos. Isso é muito vantajoso também porque permite trabalhar e estudar ao mesmo tempo, sem precisar modificar sua rotina para se dedicar somente ao curso.

Apenas lembre-se de escolher uma instituição de ensino que seja referência no assunto. Observe a grade curricular dos cursos, a formação do corpo docente e a estrutura oferecida, como laboratórios e centros de estética próprios da instituição. Essa estrutura é muito importante para a prática dos conhecimentos teóricos adquiridos ao longo do curso, inclusive para atendimento e prestação de serviços estéticos à comunidade.

Acertar na escolha da instituição é um grande passo para ser um profissional de sucesso. Quanto à estabilidade do mercado de estética, você já viu que não precisa se preocupar, pois se trata de uma área em plena ascensão. Vai dizer que você nunca tirou um tempinho para cuidar de si mesmo?

Ficou interessado no ramo? Entre em contato conosco e conheça os melhores cursos da área!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta