Música para estudar: conheça os estilos mais eficazes - Blog Unipar

Música para estudar: conheça os estilos mais eficazes

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Para obter êxito nas tarefas acadêmicas, você precisa se concentrar nos estudos, mas essa habilidade fica cada vez mais em segundo plano com a falta de atenção e um cenário de multitarefas. Pensando nisso, este post se aprofunda em uma atividade que desperta a concentração: a música para estudar.

A seguir, confira por que faixas musicais ajudam a ter concentração, melhorar a fixação do conteúdo, diminuir a ansiedade antes das provas e aumentar a criatividade. Por fim, compreenda que estilos de música fazem a diferença na hora dos estudos — de jazz a instrumental, passando pela sonoridade ambiente. Comece a leitura agora e tire as suas dúvidas sobre o tema!

Conheça os benefícios da música para estudar

Apesar de ser um hábito para muitos estudantes, nem sempre as pessoas sabem quais são os benefícios de escutar música ao estudar. Porém, uma série de atividades cerebrais e motoras são impulsionadas pelo som. Confira algumas delas a seguir!

Aumenta a concentração

Quem se dedica aos estudos sabe que a concentração é primordial para não desviar das atividades. Nesse sentido, a música tem um efeito positivo, pois melhora o desempenho da memória e também minimiza os sintomas do déficit de atenção e hiperatividade, diminuindo o foco nos estímulos externos.

Melhora a fixação do conteúdo

Com maior foco nos estudos e menos interesse nos estímulos externos, o aluno pode conseguir fixar melhor o conteúdo enquanto escuta uma música. A explicação se liga à sonoridade, a qual cria uma ambiência que favorece o acúmulo de conhecimento, melhorando o desempenho e a dedicação às matérias.

Diminui a ansiedade

Mas se engana quem pensa que as qualidades sonoras acabam por aí: a música ajuda a se sentir menos agitado frente a situações difíceis, como a ansiedade antes das provas. O som tem poder relaxante, deixando você mais confortável para realizar suas atividades cotidianas.

Desperta a criatividade

O tema musical, por fim, desperta a criatividade, ativando o lado do cérebro que é responsável pela criação e experimentação dos sentidos. Assim, as canções preparam o estudante para lidar com problemas de forma menos rígida, facilitando a rotina acadêmica e a aprendizagem do aluno.

Confira os estilos de música mais eficazes para o estudo

Neste momento, a dúvida que fica é: “E, então, quais são os estilos mais eficazes para o aprendizado”? Para ajudar em sua rotina de estudos, aposte em jazz, música clássica e instrumental, temas calmos e sonoridade ambiente. Falamos mais sobre cada um deles abaixo!

Jazz

Originário de Nova Orleans, nos Estados Unidos, o jazz é uma manifestação cultural que remonta ao século XIX, quando comunidades negras misturaram tradições afro-americanas com bandas marciais e swing.

Com destaque para a presença de bateria, piano e metais, o som foi bastante difundido no século passado, sendo dividido em subgêneros, como o bebop, o fusion e o jazz latino. A variedade melódica ajuda a desenvolver a criatividade ao mesmo tempo em que a harmonia e o ritmo ajudam a ter mais foco, resultando em uma combinação perfeita para a dedicação aos estudos.

Clássica

A música clássica, também conhecida como música de concerto ou erudita, é uma classificação para uma expressão cultural antiga, que nasceu no século IX e segue, com diversas vertentes até a atualidade.

Powered by Rock Convert

Há diversas formas de classificar a música erudita, mas o equilíbrio melódico, a objetividade e a clareza das notas dão o tom da estrutura formal desse som.

Para se aprofundar nas faixas clássicas e ter mais atenção na rotina de estudos, indica-se o período de ouro desse ritmo: a virada dos séculos XVIII e XIX, com obras de Johann Sebastian Bach e Ludwig van Beethoven, por exemplo.

Instrumental

Trata-se de uma categoria dedicada a faixas produzidas apenas com instrumentos musicais — ainda que tenha algumas partes com canto e voz — e teve seu momento de ouro no século XVIII, quando ganhou igual importância a temas vocalizados.

A expansão desse estilo está ligada ao surgimento de orquestras e à tecnologia na confecção de instrumentos musicais, que são responsáveis pelo som relaxante e com forte impacto criativo para os estudantes.

Calmas

As músicas calmas podem ser de diferentes tipos e versões, desde faixas oriundas de tradições religiosas, como a yoga, até sons da natureza, como o cantar das aves, o barulho de chuva, o vai e vem das ondas e o movimento das árvores.

Independentemente da fonte sonora, essa classificação genérica de música é bastante indicada para relaxar o corpo, livrar-se da tensão do dia a dia, acalmar os estímulos da mente e diminuir o estresse diante de situações difíceis e críticas.

Ambiente

Você provavelmente já ouviu falar em música ambiente, também conhecida como ambient music, na expressão em língua inglesa. O gênero musical tem o intuito de criar uma atmosfera e se diferencia dos demais pelo estilo, extremamente focado nos timbres sonoros, com um som discreto e complementar ao espaço.

O início da música ambiente se dá no século XX, em um cenário de rompimento com a expressão musical clássica, tendo grande destaque o compositor francês Erik Satie.

Já na década de 1990, surgem artistas e grupos como The Orb, Irresistible Force, Biosphere, Aphex Twin e Seefeel, os quais marcam essa expressão artística e são uma indicação forte para quem deseja estimular o potencial do cérebro com uma ambiência musical.

Em alguns aplicativos (apps) de serviço de streaming de música, como o Spotify, você encontra diversas playlists com temas direcionados aos estudos. Abaixo, indicamos algumas coletâneas do grupo Músicas para Estudar Collective que vão ajudar você a se concentrar e estudar melhor:

Você aprendeu neste post sobre música para estudar, uma prática que tem inúmeros benefícios para os estudantes, desde a melhora da concentração até o despertar criativo. Além disso, aprendeu sobre estilos musicais, como o jazz e o instrumental, os quais ajudam a fixar o conteúdo e a aprender mais na hora de estudar.

Que tal ajudar outras pessoas a descobrir o poder da música para os estudos?! É só compartilhar este post nas suas redes sociais! Aproveite também e troque indicações de música para estudar com os seus amigos!

graduação-semipresencialPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta