O que são soft skills e hard skills e como elas podem ajudar sua carreira? - Blog Unipar

O que são soft skills e hard skills e como elas podem ajudar sua carreira?

6 minutos para ler

A palavra skill deriva do inglês e significa habilidade, competência ou aptidão para realizar algo. Hard e soft, por sua vez, são termos que sugerem algo bruto e algo mais leve, respectivamente. Assim sendo, podemos conceituar as soft skills e hard skills da seguinte maneira: as primeiras seriam aquelas habilidades mais subjetivas do ser humano, enquanto as hard skills seriam as nossas competências mais técnicas.

Antigamente, eram as hard skills que ditavam a classificação dos candidatos em um processo seletivo. Mas, de uns tempos para cá, as soft skills ganharam espaço no mercado e passaram a ser vistas como grandes diferenciais na hora de conseguir um emprego ou alavancar a carreira.

Bom relacionamento interpessoal, comunicação eficiente e controle emocional são exemplos de soft skills que as grandes empresas têm priorizado na hora de contratar funcionários. Quer entender melhor essa relação? Acompanhe o post e desenvolva suas habilidades!

A diferença entre soft skills e hard skills

Como vimos, as hard skills estão mais relacionadas às competências técnicas de uma pessoa, ou seja, aquilo que ela investiu seu tempo e dinheiro para alcançar, como uma faculdade, um curso de idiomas, um curso técnico, uma segunda graduação ou pós. Nesse sentido, podemos dizer que se tratam de habilidades quantificáveis.

Já as soft skills estão em um patamar mais qualitativo, relacionando-se às características subjetivas do ser humano. São elas que se manifestam quando um profissional assume um trabalho em equipe, por exemplo. Capacidade de liderança, flexibilidade, ética e resiliência são algumas dessas habilidades.

É claro que, do ponto de vista da empresa, o ideal é contar com um quadro de colaboradores que equilibrem bem as soft skills e hard skills no ambiente corporativo. Assim, dá para usufruir das competências de cada profissional conforme a situação demandar.

As soft skills do profissional do futuro

Embora as hard skills sejam importantes para atestar as qualidades técnicas de um profissional, hoje em dia muitos gestores estão priorizando as soft skills na hora de avaliar os candidatos em um processo seletivo. Inclusive, ter um bom temperamento faz toda a diferença no desenvolvimento da carreira. Em seguida, listamos as soft skills mais valorizadas no mercado.

Comunicação eficiente

Saber se comunicar é indispensável em diversas situações de trabalho, desde o atendimento ao público até o relacionamento com chefes e colegas de equipe. Uma boa comunicação permite que você se posicione de forma clara e objetiva dentro da empresa, mostrando seu desempenho sem precisar passar por cima de ninguém. Além disso, é preciso saber interpretar as demandas que vêm dos seus superiores para que o resultado das tarefas corresponda ao que eles estão esperando.

Relacionamento interpessoal

Relacionar bem com as pessoas é importantíssimo em todas as esferas de trabalho, sobretudo se você atua em equipe e/ou assume funções de liderança. Normalmente, os setores de uma empresa atuam de forma conjunta, o que significa que você precisa ter um bom relacionamento em todos os setores para garantir que os objetivos não se percam pelo caminho. É como um relógio: se uma das engrenagens falha, todo o funcionamento fica comprometido.

Flexibilidade

Nem sempre os processos que estão em andamento hoje serão úteis no dia de amanhã. Portanto, ter flexibilidade para exercer seu trabalho em diferentes contextos faz com que você se destaque frente a outros profissionais. Também é interessante ser proativo e sacar quando algo não vai bem e precisa ser mudado. A capacidade de buscar novas soluções e tomar decisões conscientes é um ponto muito positivo para impressionar os gestores.

Gerenciamento do tempo

Foco e disciplina são as palavras de ordem quando falamos em gerenciamento de tempo. Saber administrar bem sua carga horária é imprescindível para dar conta de todas as demandas sem comprometer os prazos. Trata-se de um grande desafio. Afinal, como estamos cada vez mais cercados pelo excesso de informações, fica mesmo muito difícil priorizar o que é mais importante.

No entanto, é preciso treinar esse hábito constantemente, desenvolvendo seu foco e concentração a cada novo dia de trabalho. Assim que você começar a enxergar os resultados, verá como valeu a pena. A qualidade de vida no trabalho será outra. Isso significa o fim daquela sensação de estresse, esgotamento e também das temidas horas extras.

Controle emocional

Uma pessoa com boa inteligência emocional é aquela que equilibra bem o trabalho com a vida pessoal. De fato, não é fácil ter essa habilidade, pois nem sempre conseguimos separar essas duas coisas e acabamos levando serviço para casa ou os problemas pessoais para o escritório. Quem nunca perdeu um final de semana se dedicando àqueles serviços que já deveriam estar prontos, não é mesmo?

O ideal é ir aos poucos definindo suas metas pessoais e profissionais para não deixar que um setor atrapalhe o outro. Assim, quando estiver no trabalho, seu foco será 100% dedicado ao seu plano de carreira, o que é fundamental para alcançar seus objetivos. Porém, nunca se esqueça de que os compromissos pessoais, como passar um tempo com a família e amigos, são mais importantes do que resolver os problemas da empresa.

Como aprimorar as suas competências

Sem dúvida, a busca por autoconhecimento é um dos caminhos mais proveitosos para aprimorar suas competências mais subjetivas. Entender quais são suas necessidades e o que deve ser priorizado na sua carreira e na vida pessoal ajuda muito no desenvolvimento das soft skills.

O ambiente das instituições de ensino também é muito propício para desenvolver aptidões como foco, disciplina, comunicação e bom relacionamento interpessoal. Estamos falando de um local em que diariamente convivem professores e estudantes interessados na resolução de problemas e na busca por uma formação ética e cidadã.

Como se trata de um lugar onde o conhecimento está sempre circulando, não vai ser difícil desenvolver as soft skills e hard skills que mais favorecem sua carreira no mercado de trabalho. Por isso, se você está longe da faculdade há algum tempo, uma boa dica é retornar aos estudos e escolher um curso de pós-graduação. Lembre-se: investir no seu futuro é sempre uma garantia de sucesso!

Ficou interessado? Aproveite e leia também nosso post sobre como a pós-graduação pode alavancar sua carreira!

graduação-semipresencialPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta