Vale a pena estudar Direito? Conheça 6 razões para fazer o curso! - Blog Unipar

Vale a pena estudar Direito? Conheça 6 razões para fazer o curso!

6 minutos para ler

Muitas dúvidas costumam passar pela cabeça de uma pessoa que está prestes a escolher um curso superior e uma profissão para seguir. Hoje, vamos falar para aquelas que estão se perguntando se vale a pena estudar Direito.

Esse é um curso da área de Ciências Humanas, que dura aproximadamente 5 anos e envolve o estudo de assuntos como Filosofia, Sociologia, Ética, Ciência Política e as divisões do campo — que vão desde o Direito do consumidor até o familiar, passando por diversas temáticas.

Embora essa seja uma área muito reconhecida, é natural ficar indeciso nesse momento. Pensando nisso, reunimos bons motivos para apostar nessa formação que devem ser avaliados por quem está considerando essa opção. Esse é o seu caso? Confira os tópicos a seguir!

1. A área tem muitas possibilidades de atuação

O estudante que se forma no curso de Direito tem diversas possibilidades de carreira para seguir. As vertentes de atuação são conhecidas ainda na época da faculdade, quando o aluno é apresentado para as disciplinas de Direito Civil, Direito Tributário, Direito Penal, Direito Trabalhista, entre outras subdivisões da área.

Além dos diferentes focos de atuação como advogado, há alternativas como a promotoria, procuradoria, magistratura, defensoria e outras.

O contato inicial com os assuntos é importante para cada um reconhecer as suas preferências e, mais tarde, optar em qual (ou quais) deseja atuar. Nesse caso, fazer uma especialização é uma boa sugestão para aprofundar o conhecimento e agregar um novo título para o currículo.

Por outro lado, essa não é uma vantagem apenas para os alunos ou recém-formados. Quem já está há algum tempo na área também se beneficia dessa diversidade e pode mudar os rumos da sua carreira sem ter que fazer uma nova faculdade.

2. As perspectivas de remuneração são boas

Embora a vocação seja o principal ingrediente para uma pessoa ser realizada e ter sucesso na sua profissão, não dá para desconsiderar o aspecto financeiro, não é mesmo? Aliás, é comum pesquisar sobre as perspetivas de salário antes mesmo de iniciar o curso para ter uma ideia de como está o mercado.

É claro que a remuneração de um profissional depende de muitos fatores, como tempo de carreira, local de trabalho, qualificação do profissional, posição ocupada, entre outros. No caso de um advogado, por exemplo, os valores podem variar muito de acordo com a quantidade de clientes, se ele é autônomo ou empregado de um escritório etc.

Porém, de forma geral, é possível afirmar que o panorama é bem positivo. Segundo o Guia de Profissões e Salários da Catho, a média salarial no Brasil de um advogado em início de carreira é de R$ 2.920,47. Porém, vale dizer que esse valor pode ser bem maior, inclusive com a possibilidade de conseguir vagas ou prestar concursos muito bem valorizados.

3. O mercado de trabalho demanda esse tipo de profissional

Enquanto muito se fala sobre algumas profissões que estão acabando, os profissionais de Direito estão a todo vapor. É verdade que a concorrência tende a ser grande, pois existem milhares de pessoas formadas na área.

Contudo, a demanda não para de crescer e novas perspectivas vão surgindo — como é o caso do Direito Ambiental que, até há algum tempo, nem existia e hoje tem grande força.

Powered by Rock Convert

Outro detalhe é o fato de o conhecimento ser específico e insubstituível, o que valoriza as pessoas que possuem tal formação. O advogado precisa ter concluído o seu curso para exercer essa função, até mesmo com a necessidade da aprovação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) — que aplica uma prova para conceder o título aos candidatos.

Muitos dos cargos concursados também exigem que o estudo seja comprovado. Isso indica que as oportunidades ficam asseguradas para aqueles que se preparam para a área.

Diante da concorrência, o segredo é investir em diferenciais para construir uma carreira bem-sucedida, como fazer uma graduação de qualidade, desenvolver habilidades comportamentais, criar uma boa rede de contatos (o famoso networking), entre outros. Esses fatores vão ajudá-lo a se destacar no mercado e aumentar as suas chances de conquistar as oportunidades que deseja.

Powered by Rock Convert

4. Existem vários concursos públicos para essa carreira

Quem pensa em trabalhar no setor público também pode se dar bem. O Direito oferece muitas oportunidades de concursos, incluindo alguns que envolvem privilégios e altas remunerações.

Para ter uma ideia das possibilidades: juiz (em várias instâncias), promotor, procurador, assessor jurídico, defensor público, delegado, analista dos tribunais de justiça etc. Os salários podem ultrapassar até 20 mil reais.

Por mais que a concorrência seja alta, muita gente tem esse perfil focado nos estudos e pode conseguir uma boa colocação — sem contar que a estabilidade desse tipo de carreira é mais um atrativo a ser considerado.

5. O trabalho é valioso para a sociedade

Normalmente, uma das coisas que mais motivam a vocação de um estudante para seguir uma profissão é a finalidade do seu trabalho. Um dos maiores exemplos disso é pensar que os médicos e outros profissionais da Saúde ajudam a salvar vidas todos os dias.

No caso do Direito, esse valor está relacionado à possibilidade de ajudar as pessoas a reivindicarem seus direitos. Ao longo da vida, certas situações podem requerer o auxílio de alguém que entenda das leis para proteger seus interesses em conflitos pessoais, empregatícios e outros.

Então, o trabalho de quem possui essa formação é buscar pela justiça. Advogados representam seus clientes, juízes analisam e julgam casos, delegados atuam contra a criminalidade e assim por diante. Ou seja, todas essas atividades são valiosas para a convivência em sociedade.

6. O conhecimento é útil por toda a vida

Embora contribuir para a sociedade seja o maior objetivo, o conhecimento adquirido por um estudante de Direito será útil por toda a sua vida. Mesmo que ele resolva não atuar na área, conhecer os seus direitos e deveres é algo muito importante para saber como agir em diversas ocasiões.

Esse é um campo que desenvolve a capacidade crítica de qualquer pessoa, pois ela passa a ter uma visão de mundo mais abrangente — principalmente no que diz respeito aos aspectos políticos e sociais.

Enfim, não dá para negar que vale a pena estudar Direito se você considerar os motivos citados acima. O que mais importa é tentar reconhecer essa vocação dentro de você e se dedicar para ser o melhor profissional que puder!

Quer garantir a parceria ideal para construir sua trajetória nessa profissão? Entre em contato conosco e conheça o curso de Direito da Unipar!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta